Skip to main content

COMPRAR IMÓVEL SEM ENTRADA: É POSSÍVEL?

O sonho da casa própria está cada vez mais próximo da realidade de milhares de brasileiros nos últimos anos. Porém, para muitas famílias a realização desse sonho esbarra em um pequeno detalhe: o valor de entrada do financiamento.

O que muitos não sabem é que existe uma alternativa para comprar imóvel sem entrada, financiando o valor total em parcelas que variam de acordo com a renda familiar mensal.

Ficou interessado nessa possibilidade? Continue a leitura para tirar todas as suas dúvidas e descobrir como adquirir o primeiro imóvel sem desembolsar uma quantia inicial!

Como funciona o financiamento de um imóvel?

Para comprar uma casa ou apartamento para moradia, uma das alternativas mais procuradas é o financiamento imobiliário. Os bancos, construtoras e agentes de crédito que oferecem essa modalidade de aquisição normalmente exigem o pagamento de cerca de 30% do valor do imóvel como entrada. Esse valor muitas vezes inviabiliza a aquisição da casa própria para boa parte da população.

Mas existe uma maneira viável de financiar 100% do valor da compra, o que torna possível comprar imóvel sem entrada. O programa Minha Casa Minha Vida permite contratar o financiamento imobiliário parcelando totalmente o valor do imóvel, desde que o participante se enquadre nos critérios básicos do programa.

Como funciona o programa Minha Casa Minha Vida?

O programa do governo responsável por facilitar o acesso a casa própria para milhares de brasileiros nos últimos anos oferece diversos benefícios aos seus participantes, como:

  • possibilidade de financiar o valor do imóvel em até 360 meses;
  • taxas de juros menores que as praticadas pelo mercado;
  • subsídio parcial do governo;
  • possibilidade de uso do FGTS.

Quem pode comprar imóvel sem entrada pelo MCMV?

Existem 4 faixas de participação no programa Minha Casa Minha Vida:

  • faixa 1: renda familiar de até R$ 1.800,00;
  • faixa 1,5: renda familiar de até R$ 2.350,00;
  • faixa 2: renda familiar de até R$ 3.600,00;
  • faixa 3: renda familiar de até R$ 6.500,00.

Embora os participantes de todas as faixas possam obter os benefícios do programa, a possibilidade de comprar imóvel sem entrada é restrita para os candidatos da faixa 1, que comprovadamente pertencem a famílias de renda mais baixa.

Além disso, os inscritos no programa devem atender a outros critérios e requisitos exigidos pelo governo:

  • não possuir imóvel próprio, visto que o benefício se destina a compra do primeiro imóvel;
  • não ter sido beneficiado por programas habitacionais municipais ou federais;
  • ter idade acima de 18 anos (ou emancipação);
  • comprovar moradia ou trabalho no município do imóvel há pelo menos 3 anos;
  • não possuir débitos com o governo ou registro no Cadastro Nacional de Mutuários.

Como proceder para comprar imóvel sem entrada pelo MCMV?

A possibilidade de comprar imóvel sem entrada depende de alguns fatores envolvidos na negociação, entre eles o valor do imóvel, a região onde ele está localizado e o valor da renda familiar do interessado.

Como as parcelas do financiamento não podem ultrapassar 30% do valor da renda bruta, é preciso ter cautela ao escolher um imóvel que se enquadre no orçamento.

Além disso, normalmente as condições de financiamento sem entrada envolvem sorteios organizados pelas prefeituras em parceria com o governo federal e a Caixa Econômica Federal.

Por isso, o primeiro passo para comprar imóvel sem entrada é procurar a prefeitura e preencher o cadastro de interesse para os programas habitacionais municipais.

E você, tem interesse em um financiamento imobiliário para a compra do seu primeiro apartamento? Já conhecia a possibilidade de comprar imóvel sem entrada? Clique no botão abaixo e cadastre-se para um atendimento personalizado com nossos especialistas:

 

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *